Benefícios da Internet e das mídias sociais

 Internet e as mídias sociais

A Internet e as mídias sociais oferecem aos jovens uma gama de benefícios e oportunidades para se capacitarem de várias maneiras. Os jovens podem manter conexões sociais e apoiar redes que de outra forma não seriam possíveis, e podem acessar mais informações do que nunca. As comunidades e as interações sociais que os jovens formam on-line podem ser inestimáveis ​​para fortalecer e desenvolver a autoconfiança e as habilidades sociais dos jovens. Isso irá ajudá-lo a:

Compreender alguns dos benefícios da internet e das mídias sociais

Entender por que a tecnologia é tão atraente para os jovens

Compreender os usos positivos das mídias sociais e dos espaços online

O uso de mídias sociais e serviços de rede como Facebook, Twitter, Instagram e Snapchat tornaram-se parte integrante da vida diária das pessoas. Embora muitas das mídias sociais associadas com uma degradação das redes sociais e habilidades de comunicação dos jovens, uma recente revisão da literatura publicada pelo Young and Well Cooperative Research Center descobriu que os serviços de redes sociais realmente desempenham um papel vital para a vida dos jovens – Facilitando relações de apoio; Formação de identidade; E, promovendo um sentido de confiança e auto-estima. Em colaboração com jovens, documentamos alguns dos benefícios positivos da Internet e das mídias sociais para eles.

Jovens como participantes sociais e cidadãos ativos

Os serviços de redes sociais podem fornecer um conjunto de ferramentas acessível e poderoso para realçar e atuar sobre questões e causas que afetam e interessam os jovens. Os serviços de redes sociais podem ser usados ​​para organizar atividades, eventos ou grupos para mostrar questões e opiniões e fazer com que um público mais amplo perceba. Por exemplo. Atividades de banda de coordenação, fundraisers, e criando a consciência de várias causas.

Jovens desenvolvendo uma voz e construindo confiança

Os serviços de redes sociais podem ser utilizados para aprimorar as habilidades de debate e discussão em um contexto local, nacional ou internacional. Isso ajuda os usuários a desenvolver formas públicas de se apresentarem. As habilidades pessoais são muito importantes neste contexto: fazer, desenvolver e manter amizades, e ser considerado como uma conexão confiável dentro de uma rede. Os serviços de redes sociais podem proporcionar aos jovens oportunidades de aprender a funcionar com êxito numa comunidade, navegar num espaço social público e desenvolver normas e competências sociais como participantes de grupos de pares.

Jovens como criadores de conteúdo, gestores e distribuidores

Os serviços de redes sociais dependem da participação ativa: os usuários participam de atividades e discussões em um site, e carregam, modificam ou criam conteúdo. Isso suporta a criatividade e pode apoiar a discussão sobre a propriedade de conteúdo e gerenciamento de dados. Os jovens que usam serviços de redes sociais para exibir conteúdo – música, cinema, fotografia ou escrita. E também ajudam na auto confiança trocando informações por sites como Produtos de belezas, por exemplo: Curso de Maquiagem Boca Rosa. Onde a Luciana dona do site Segredo da Saúde diz ter um bom relacionamento com os seus leitores. Mas não podemos deixar de lado que precisam saber quais permissões estão dando ao serviço de acolhimento, para que possam tomar decisões informadas sobre como e o que colocam no site. Os usuários também podem querer explorar opções de licenciamento adicionais que possam estar disponíveis para eles dentro dos serviços – por exemplo licenciamento Creative Commons – para permitir que eles compartilhem seu trabalho com outras pessoas de várias maneiras.

Jovens como colaboradores

Os serviços de redes sociais são projetados para oferecer suporte aos usuários trabalhando, pensando e agindo juntos. Eles também exigem habilidades de escuta e comprometimento. Os jovens podem precisar pedir ajuda e conselhos a outros usuários de serviços, ou entender como as plataformas funcionam observando outras pessoas, particularmente em ambientes complexos de jogos ou virtuais. Uma vez que os usuários tenham desenvolvido a confiança em um novo ambiente, eles também terão adquirido a experiência para ajudar os outros. Jovens como exploradores e aprendizes.

As redes sociais incentivam a descoberta

Se alguém está interessado em certos livros, bandas, receitas ou idéias, é provável que seu interesse será atendido por um serviço de rede social ou grupo dentro de um serviço. Se os usuários estão procurando algo mais específico ou incomum, então eles poderiam criar seus próprios grupos ou sites de redes sociais. Serviços de redes sociais podem ajudar os jovens a desenvolver seus interesses e encontrar outras pessoas que compartilham os mesmos interesses. Eles podem ajudar a introduzir os jovens a novas coisas e idéias, e aprofundar a apreciação dos interesses existentes. Eles também podem ajudar a ampliar os horizontes dos usuários, ajudando-os a descobrir como outras pessoas vivem e pensam em todas as partes do mundo.

Jovens se tornando independentes e construindo resiliência

Os espaços on-line são espaços sociais, e os serviços de redes sociais oferecem oportunidades semelhantes às dos espaços sociais off-line: lugares para os jovens estarem com amigos ou explorar sozinhos, construindo independência e desenvolvendo as habilidades necessárias para reconhecer e gerenciar riscos, aprender a Julgar e avaliar situações e lidar efetivamente com um mundo que às vezes pode ser perigoso ou hostil. No entanto, essas habilidades não podem ser construídas isoladamente, e são mais propensas a se desenvolver se forem apoiadas. Indo para um serviço de rede social pela primeira vez como um jovem sozinho pode ser comparado a primeira viagem de um jovem para um único centro da cidade, e, portanto, é importante para um jovem saber como ficar seguro neste novo ambiente.

Jovens desenvolvendo habilidades-chave e do mundo real

Gerenciando uma presença on-line e ser capaz de interagir de forma eficaz on-line está se tornando uma habilidade cada vez mais importante no local de trabalho. Ser capaz de se adaptar rapidamente a novas tecnologias, serviços e ambientes já é considerado uma habilidade altamente valiosa por parte dos empregadores e pode facilitar a aprendizagem formal e informal. A maioria dos serviços é baseada em texto, o que incentiva a alfabetização, incluindo interpretação, avaliação e contextualização.

Fonte: segredodasaude.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *